Em tudo dai Graças

As pessoas nunca tiveram tanto e foram tão insatisfeitas.

O inconformismo é geral e há uma busca por algo que ninguém sabe o que é.

A síndrome da perfeição, talvez? As pessoas anseiam pelo dia em que a vida estará totalmente perfeita. Nesse dia, elas serão realizadas no trabalho (que terá sentido), a casa, a viagem, a família, o casamento, a amizade, a igreja, absolutamente tudo será perfeito.

Já percebeu como esse dia está sempre no futuro e nunca no agora?

Quando eu realizar aquele sonho aí sim, será perfeito. E você realiza, mas junto com ele veio a parte negativa, ou algo que estava no lugar saiu, ou você perdeu alguém que amava justamente na época em que realizou o tal sonho. E você percebe que o futuro que você sempre quis e que agora é o presente não é perfeito.

A realidade é que nunca fomos tão ingratos.

A síndrome da perfeição nos cegou e paramos de enxergar as coisas boas do hoje. Focamos apenas no que não temos.

Esses dias uma amiga postou uma frase que dizia “Há duas maneiras de ser rico: uma é ter tudo o que você quer, a outra é estar satisfeito com o que você tem…”

O problema é que hoje o sinônimo de ser satisfeito é ser preguiçoso, é não ter sonhos e aspirações. E isso causa uma angústia dentro de nós.  Vamos buscar a então famosa “Parte que falta” e quando a encontramos, ficamos cheios.

É importante estar em movimento, mas isso não pode virar angústia.

Eu estava nessa busca por algo que eu nem mesma sabia o que era. Quando ligava meu computador de manhã eu me perguntava: que raios que eu estou fazendo? Que sentido isso tem? Eu estou mudando a vida de quem? Eu quero fazer alguma coisa que eu realmente ame fazer!

Parei para refletir e me autoquestionar. Lembrei das cartas que eu escrevia para Deus e das minhas orações a Ele no passado, vi que eu estava exatamente no lugar em que eu pedia. Ele falou comigo e eu comecei a entender.

Após ver um vídeo maravilhoso da @feneute sobre “Faça o que você ama e nunca mais trabalhe na vida” e de várias conversas filosóficas com minha amiga terapeuta a distância @natalia – me despertei ainda mais e passei a colocar em prática o caminho da gratidão. Comecei a dar graças a Deus por tudo o que Ele me deu, por tudo o que eu tinha e a mágica começou a acontecer: Meu trabalho ficou mais legal, a angústia pela busca cessou, eu fiquei mais leve. Nada mudou, EU MUDEI e então o meu interno transformou o meu externo.

Eu ainda tenho sonhos e aspirações; tenho trabalhado nisso e talvez eu chegue lá, mas enquanto isso eu tenho sido grata a Deus e muito feliz com a minha vida agora, exatamente como ela está. No atual momento, ela é perfeita para mim.

E você? O que você tem de bom hoje? Pelo que você precisa dar graças?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s